Conheça tudo sobre abortos de repetição

 

O abortamento é definido como eliminação do concepto antes de sua viabilidade ter ocorrido de maneira hábil. O aborto de repetição é caracterizado após a perda de três abortos espontâneos consecutivos, com menos de 20 semanas (com o mesmo parceiro).

 

Diversos fatores podem estar relacionados a esta perda gestacional, tais como fatores imunológicos, endocrinológicos e genéticos, estes últimos são bem estudados e bastante definidos em abortos de repetição. Cerca de 20% dos casos não têm suas causas definidas.

 

Na reprodução assistida são aplicadas técnicas de PGD para reduzir as chances do abortamento em tentantes.

 

Tabagismo e uso de drogas como cocaína estão associados a maior risco de aborto, assim como o consumo excessivo de álcool e cafeína.

 

Mulheres que estão acima do peso ideal (índice de massa corporal maior que 25 kg/m2) têm maiores chances de abortarem e terem complicações durante a gestação e parto.

 

É muito importante o acompanhamento de um especialista para o diagnóstico preciso e tratamento adequado em casos de abortos de repetição.

 

WhatsApp chat