Barriga Solidária

Chamado também de útero de substituição: Uma vez que o casal tentante (homo ou heterossexual) não possa de maneira biológica gestar o seu próprio bebê, existe a possibilidade de que uma pessoa (parente parte até a 4º geração) possa realizar a gestação. Esta mulher deve estar em boas condições de saúde e ter a ciência de que é um ato altruísta, não havendo nenhum tipo de transação financeira. 

 

O processo de útero de gestação, como também é chamado, precisa seguir regras bastante restritas para que todos os envolvidos sejam protegidos durante o processo. Há necessidade de uma autorização médica para atestar condição emocional favorável, acompanhamento de psicólogos e assinatura de termos de compromisso e consentimento.

 

WhatsApp chat